Companhia aérea Ryanair cancela voos e afeta 300 mil passageiros

Para que pilotos consigam tirar férias em 2017, a companhia aérea Ryanair cancelou diversos voos, prejudicando 300 mil passageiros.

0
538
Companhia Aérea Ryanair

Companhia aérea Ryanair – Com o objetivo de adequar as escalas de folgas de seus funcionários, a companhia aérea irlandesa Ryanair anunciou na última segunda-feira (18/09) o cancelamento de 40 a 50 voos diários até o fim de outubro.

Com isso, cerca de 300 mil passageiros foram afetados. A solução dada pela empresa é a escolha de voos alternativos ou o reembolso do valor da passagem aérea.

De acordo com a Ryanair, houve uma confusão na escala de férias de pilotos, o que precisou ser resolvido de maneira drástica. Para que todos os funcionários tivessem as folgas previstas dentro do calendário janeiro a dezembro, as mudanças foram necessárias.

Durante entrevista à Sky News, presidente-executivo da Ryanair afirmou que, embora isso possa ser uma bagunça, os 50 voos diários cancelados são irrisórios, já que a empresa opera mais de 2,5 mil rotas por dia.

Com o calendário de voos anterior, os funcionários não conseguiriam tirar férias em 2017, acumulando isso para 2018. Isso poderia causar ainda problemas trabalhistas.

Passageiros foram comunicados por e-mail

Quem tem uma reserva de passagem aérea com a Ryanair deve conferir o e-mail usado na hora do cadastro para verificar se houve alguma mudança. Nesse caso, o passageiro deve entrar em contato com a empresa para verificar as opções extras.

O número de cancelamentos representou 2% dos voos programas da companhia aérea. Com a mudança,a Ryanair espera que consiga ajudar o setor aérea a manter a pontualidade de 90%, recorde anual. Nas primeiras semanas de setembro, devido a esse problema, a pontualidade dos voos da empresa ficou abaixo de 80%. Com isso, a Ryanair percebeu a necessidade de tomar essa atitude.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here